Sentada na Pia

Porque esse poderá ser o último recurso de um pai e uma mãe de primeira viagem na Coreia do Sul…

Coluna em dia e Dormir não é assim tão necessário

Depois de quase quatro semanas de tratamento, sinto que minha coluna está como nova, melhor do que estava antes de travar. A verdade é que ela já não andava boa há tempos: começou a piorar logo depois do nascimento da Beatriz. Eu sabia que ia chegar uma hora em que as novenas não iam mais funcionar.

Agora é partir para o contra-ataque. Exercícios de fortalecimento muscular e alongamento. Até aí, fácil. Muito mais fácil do que eu sempre fiz. O desafio é aliar essa necessidade à Dna. Beatriz. Essa angústia da separação não está bolinho… Os dias em que tive ajuda das amigas para me levar ao quiroprata e ficar com a Beatriz foram um pesadelo. Me ver e não me ter… e ainda por cima alguém que ela nunca viu virando a mãe pelo avesso… Bom, fazendo uma longa estória bem curta, nem tomando vacina ela chorava tanto quanto me vendo na clínica. O clube no qual frequentamos a academia tem uma sala de brinquedos com baby sitters, e vou precisar fazer uma longa adaptação da Beatriz para que ela não transforme a vida das meninas um inferno. Ou vou passar o resto dos meus próximos anos na mesa do quiroprata e nas mãos da fisioterapeuta. O que não é nada ruim prá eles…

E ainda sobre a angústia… Há dois dias em que Beatriz não dorme direito. Dorme algumas horas e depois passa a acordar chorando de hora em hora. Começou depois de uma festa que tivemos no condomínio no sábado à noite, e acho que foi demais prá ela (o que já me dá uma idéia do que NÃO fazer para o primeiro aniversário dela). Ou talvez seja algo diferente que coloquei na comida, ou ainda mais dentes nascendo. Ou, ainda, a dor do crescimento.

Ou espinho no berço. Será?

Anúncios

14/12/2009 - Posted by | colcha de retalhos, diário

9 Comentários »

  1. Misericórdia menina, só cartomante para adivinhar. Deixa ela ficar com os padrinhos que tá tudo resolvido ! Metida não ? Beijões!

    Comentário por marta | 15/12/2009 | Responder

  2. Ai, Selma, hoje foi o meu 1º dia na fisioterapia e a Sofia ficou com a avó. Um espetáculo de choro! Amarramos ela no Sling à minha sogra e foram passear. Meu coração ficou tão miudinho ao ver ela me olhando desesperada, chorando e se afastando… E ainda por cima as recepcionistas super antipáticas, que comentaram “ai, que saco, essa criança”, achando que eu não tava ouvindo. Ela acabou dormindo, mas depois parece que ela ficou mais nervosa, sei lá, como se tivesse medo que a cena se repita e até em casa eu tenho que carregar ela. Tá dormindo agora, e eu posso respirar. Às vezes eu acho que é porque eu moro longe da minha família (moro na Áustria) e passamos muito tempo só nós duas.
    Um beijo pra vocês!
    Ione

    Comentário por Ione | 15/12/2009 | Responder

  3. oi amiga!
    a Beatriz esta linda
    não tenho escrito muito aqui pois essa epoca é um pouco triste para mim.
    depois do quiroprata procure fazer RPG, para mim foi uma beleza
    beijo para os 3 e estou com saudades

    Comentário por araci | 15/12/2009 | Responder

  4. Ah! Esses bebes sao todos programados pelo mesmo engenheiro… rsrs… Beatriz, Santiago, e outros na minha lista que passam de bons dormidores para sonambulos cronicos em torno dos 9 meses de idade… A mesma coisa ocorreu com o Santiago e a solucao veio na indicacao de uma amiga para o livro ‘Duermete Nino – Como Solucionar Los Problemas del Sueno Infantil’ de autores espanhois, Dr Eduard Estivill e Sylvia de Bejar… A versao em portugues chama ‘Nana, Nene: Como Resolver o Problema da Insonia do seu Filho’… Somos eternamente gratos pela ajuda que esse livro passou, e gracas a tecnica aplicada no Santiago podemos colocar ele na cama as 7:00pm, apagar a luz e sair do quarto que ele nao chora pois aprendeu a dormir sozinho (com a nossa ajuda orientada pelo livro)… Vale a pena!!

    Comentário por Helder | 15/12/2009 | Responder

  5. O texto a seguir foi retirado de um comentario sobre o livro que mencionei acima… ‘Cerca de 35% das crianças com menos de cinco anos sofrem de insônia, ou seja, desencadeiam uma batalha na hora de dormir e/ou acordam várias vezes durante a noite. As conseqüências são tão evidentes nas crianças ­ tornam-se irritáveis, inseguras e, com o tempo, acabam tendo problemas em suas relações com os outros e na escola ­ como nos pais, cuja vida conjugal acaba sendo prejudicada pelo cansaço e pelo nervosismo. Este livro, ao mesmo tempo leve e rigorosamente científico, além de explicar como ensinar as crianças a dormirem bem desde o início, também revela como acabar definitivamente com o problema da insônia infantil por meio de um método simples, que funcionou em 96% dos casos em que foi aplicado.’

    Comentário por Helder | 15/12/2009 | Responder

  6. Só mesma torcer e desejar melhoras
    Quanto ao sono ou melhor o despertar da Beatriz, minha pouca ou nenhuma experiencia, diz que são os dentes.

    Comentário por picida ribeiro | 16/12/2009 | Responder

  7. Atualizando: 3ª e 4ª a Sofia ficou com o pai, beleza. Hoje foi a vó de novo. Resultado: teve que vir ficar no meu colo durante a terapia (tendinite). O terapeuta então encurtou o tempo das ondas(?) de 15 para 10 minutos e fez só em uma mão. :/

    Comentário por Ione | 18/12/2009 | Responder

  8. Oi, Selma,
    melhoras pra você.
    Aproveito para desejar a você, ao Renato e à Beatriz um Natal de muitas alegrias (e com muito feijão, né?). Espero que 2010 também seja um ano bom para os três, cheio de saúde, felicidade e paz.
    Beijos aos três,
    Tati.

    Comentário por trezende | 24/12/2009 | Responder

  9. Hey, feliz ano novo pra vcs!!!! Muita saude!!!!!! Aqui eu penso que compramos o colchao errado sabe… cheio de espinhos e alfinetes, sei la. E a Bebedocinha pra adaptar na baba (que ia todo dia) foram necessarios quase 3 meses… o jeito Selma é fechar os olhos e deixar a coisa rolar, senao vc nao faz nada nunca. Não que seja facil, eu saia deixava Bebedocinha la e saia correndo antes mesmo da mulher dizer bom dia, senao chorava junto e desistia. Boa sorte e bjss.

    Comentário por Laura | 13/01/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: