Sentada na Pia

Porque esse poderá ser o último recurso de um pai e uma mãe de primeira viagem na Coreia do Sul…

O teste

Um dia desses, na sala de reabilitação do hospital da coluna, aqui em Seul:

– Agora sobre aqui nessa balança.

– Ok. Segura os pauzinhos?

– Não, ainda não. Agora não se mexe.

Bzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzzzzzzzz

– Ok, agora segura os pauzinhos. E não se mexe.

Bzzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzzzzzzzzzzbzzzzzzz

– Ok, pode sair da balança. Vou imprimir o resultado. Senta lá na mesa que eu já vou.

Trrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr trrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrrr trrrrrrrrrrr trrrrrrrrrrrrr

– Olha, Selma, o resultado da sua impedância não está tão ruim. O condicionamento físico está bom, mas sua musculatura está desbalanceada.

– Desbalanceada? Você quer dizer que meu corpo está desproporcional?

– Hihihi (risada nervosa)… É, mais ou menos isso. A parte superior do seu corpo está super-forte. Alguma razão para isso?

– Ô, Dna Fisioterapeuta, cê se esqueceu que eu te disse que tenho uma filha de 2 anos?

– Ah, é…

– Que mais?

– Bom, e seu tronco e suas pernas estão dentro dos padrões, mas fora de balanço com seus braços, costas e ombros.

– E considerando que eu não tenho como diminuir minha parte superior, tenho que fortalecer o que está mais fraco, e ficar super-mega-forte-tudo-acima-dos-padrões?

– Sim. E tem mais uma coisa.

– Ai…

– O índice de cintura-quadril está bem ruim. Precisa diminuir muito. Está bem acima do limite superior.

– Ai…

***********************************

Chegando em casa, jogo no Google a droga do índice cintura-quadril. Descubro que meu índice está dentro dos padrões normais.

Para um homem.

Minha relação cintura-quadril atual é de um homem.

***********************************

Resolvi mandar um e-mail para a Madrasta Mãe-Natureza:

Prezada Mãe Natureza,

Tenho percebido que ultimamente meu corpo tem passado por transformações estranhas. Enquanto eu amamentava, a coisa estava muito melhor do que agora. Mas, de uns tempos para cá, ganhei um tronco superior digno de qualquer remador da Raia Olímpica da USP, e um pneu de caminhão na cintura.

Agradeço antecipadamente sua resposta e elucidação deste problema.

Sua Filha,

Selma

Essa Mãe Natureza deve ter um SAC gigantesco, porque a resposta veio rapidinho:

Querida Filha,

Entenda bem: meu trabalho com você está completo. Esqueça o corpo de violão. Você já procriou. Já pariu. Agora, se vira.

Com muito carinho daquela que te ama,

Mãe Natureza

***************************************

É impressão minha ou eu tô virando o meu pai?????

Anúncios

04/04/2011 - Posted by | colcha de retalhos, Nervoso

7 Comentários »

  1. hahahahaha, figurilda!
    mas pior é que é batata: entra dia, sai dia, mais eu tenho certeza que estou me tornando uma junção de meu pai, minha mãe e minha avó, ói que bomba.

    Comentário por piscardeolhos | 04/04/2011 | Responder

  2. OIS 🙂
    Ahah !! Isso sem contar o que a mãe natureza (ou seria madrasta?) faz com as “peitcholas” depois que a gente amamenta. As pobrezinhas ficam muchinhas, flacidinhas e caidinhas…só uma “plastic surgery” resolve. E como não tenho $$$$ para fazer e sou super alérgica a remédios (tenho medo de ficar na mesa e deixar a Ísis sozinha)..acho que as pobres “peitcholas” vão continuar mirando o chão…ehehhe..ou melhor; buááááá !!!!

    Comentário por Fátima | 07/04/2011 | Responder

  3. Tô me matando de dar risada (nervosa tb!!!). Será que a mãe natureza dá jeito em peitos que ficaram gigantes depois de um bebê????? Não tão caído não, só dobraram de tamanho e eu esqueci de crescer!!!! A Beatriz tá uma boneca e já come de pauzinhos??? rss beijcoas querida!!!!

    Comentário por Luciana | 15/04/2011 | Responder

  4. Se serve de consolo: eu fiquei no prejuizo maior.
    Mesmo estado, e sem filhos…
    A mãe natureza deve ter avisado e eu me esquecido: o tempo deixa marcas. Literais.

    Comentário por picidaribeiro | 17/04/2011 | Responder

  5. Tá vendo qunado falo do TALENTO para escrever?
    Texto ótimo!Me diverti rsrs

    Comentário por picidaribeiro | 26/04/2011 | Responder

  6. Como ´ecruel e a minah teoria é : o nervoso pós filhos em tempso modernos é que nos faz comer sem saber, sem perceber e engordar horrores… Eu preciso emagrecer! Início de projeto amanhã, amanhã, amanhã de emagrecimento. Sério, acho que amanhã rola. Vou me dar um prazo. Vamos fazer um passo a passo nós duas? Topa? Tipo o megeras magérrimas?

    Comentário por Alena Cairo | 24/06/2011 | Responder

  7. Hahahahahahahahaha esse seu post está hilário!!!!
    Tô morrendo de rir aqui.
    Até porque me identifiquei horrores com você.
    Ouvi algo parecido do endócrino esta semana: seu peso está dentro do normal se considerarmos o IMC, mas tem que diminuir 8 cm de cintura pra ficar normal.
    Puta merda, não é fácil não.
    E você só tem uma. Imagina duas.
    bjs

    Comentário por Roberta Lippi | 29/03/2012 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: