Sentada na Pia

Porque esse poderá ser o último recurso de um pai e uma mãe de primeira viagem na Coreia do Sul…

Curtas (e grossas)…

… porque eu ‘tô com a paciência por aqui, ó.

*****

Juro (…) que vai ser a última vez que falo das tetas aqui. Mas ‘tá doendo. Prá burro. Uma semana sem amamentar e as divinas estão me pondo louca. Isso porque a Beatriz estava só mamando um minuto pela manhã e outro pela noite. Me ensinaram a colocar repolho nelas, de preferência congelado. Vou já montar um sutiã repolhudo e depois comer uma saladinha.

*****

Ah, os hormônios! Eles de novo. E eu achando que tetas doendo por um tempo seria o único reverso da medalha. Lembra toda a revolução que aconteceu aqui? Pois é, a única maneira de sair deste imbroglio é voltar pelo mesmo caminho. We’re moving backwards, for Christ sake!

Tadinho do marido…

*****

Aí chega a hora da sessão descarrego na gaveta das lingeries. Abre a malinha da ex-barriguda e põe lá dentro todos os sutiãs de gestante, amamentação, sustentação e outros blás. Cinta pós-parto, meias Kendall, calcinhas segura-pança, tudo prá dentro da mala. Hora de rever os velhos amigos do peito. Medo. Encontro na gaveta coisas fazendo aniversário de 15 anos. Outras coisas nem tão velhas, mas tão usadas que não tive coragem de pegá-las. Hora da verdade, na frente do espelho, experimentando os ditos cujos: vou alternando entre riso (nervoso) e choro (desconsolado). Algumas coisas salvas, ainda na esperança de um dia não me espremer dentro delas. O produto final dos risos e choros foi metade para o lixo e metade para a sacola de doações.

E foi assim o meu parto natural, sem intervenções.

*****

Acho que vou pegar de volta a calcinha segura-pança.

Anúncios

28/05/2010 - Posted by | colcha de retalhos, diário

9 Comentários »

  1. Fala muito serio ne: sutiãs de gestante, amamentação, sustentação e outros blás. Cinta pós-parto, meias Kendall, calcinhas segura-pança e a dignidade foi la pra pqp a muuuuuuuuuuito mais tempo do que imaginavamos! Aqui qdo a festa do leite acabou foi assim… descobri que nenhuma das lingeries de pessoas com dignidade me serviam, o tamanho do sutia aumentou e a segura-pança esta com sua presença de palco garantida por mais algum tempo.
    E haja saco pra aturar os hormonios que ficam tudo doidão por um bom tempo!

    Beijos e animo, pq tem horas que da vontade de sair correndo!

    Comentário por Laura | 28/05/2010 | Responder

  2. Sessão nostalgia pra mim…
    Embora a Rafaella tenha se despedido das divinas com 6 meses, até que não sofri tanto… doeu mais o lado psicológico do que o físico…
    Quanto as parafernalhas pré e pós parto… nada que uma tarde no shopping não ajude os hormônios a tomarem os seus devidos lugares!
    Bjs e coragem! Isso tem final feliz!

    Comentário por Luciana | 29/05/2010 | Responder

  3. Seu blog é muitooo fofo… sua pequena então nem se fala!!!

    bjs

    Jacke

    Comentário por Jacke | 29/05/2010 | Responder

  4. Talvez tenha que tomar algum medicamento para essa dor e produção de leite. Estou sentindo praticamente a mesma coisa com relação à algumas roupas. Não é só gravidez que muda a gente mas a idade também! Estamos fritas mesmo. Beijos.

    Comentário por marta | 29/05/2010 | Responder

  5. Que texto! Perfeito! Dos melhores!NInguem descreveria ou contaria essa historia com esse talento!

    Comentário por picida ribeiro | 31/05/2010 | Responder

  6. Interessante…
    Acho que a maioria já passou por isso…hehehe

    Comentário por Isabel Bortoluzzo | 02/06/2010 | Responder

  7. Juro que eu estou com medo de engravidar agora! Não sei se vou ter tanta boa vontade e humor para lidar com calcinhas segura-pança.

    Comentário por Bru | 03/06/2010 | Responder

  8. Olha , não se avexe não , daqui 4 anos vc vai querer passar por td de novo rsrsrsr ! Brincadeiras à parte daqui a pouco passa e vc vai começar a ter que ter paciência pra perguntas mt complicadas e indiscretas e situações inusitadas que ficarão pra sempre na memória materna , beijos

    Comentário por micheline | 08/06/2010 | Responder

  9. “Daqui a pouco passa”… ô frase!
    Selma, console-se em saber que não é única. Isso basta? Não. Estou, agora que Alice fez 1 ano e 10 meses, começando a tirar dela o peito. Sim , ela ainda mama. E gosta muito. E como é que eu vou dizer a ela que não? Digo sim. Aí ela me diz: “Ah, mamãe, só um pôquinho, vai… só para eu dumii…” Tradução: peitos escancarados à vontade.

    Capítulo shopping: eu sem dinheiro, sem condição de fazer extravagãncia com roupas novas, nada cabendo tanto assim… emagrecer é o projeto da vez. Ok. Vigilantes do peso. Dieta do Hospital do Coração e mais ginástica. Agora vai! Ufa! Mais que sufoco. O projeto é : ou eu emagreço ou eu emagreço.
    Ah, tá. Um dia (breve) quero me ter de volta e ver se eu aposento as calcinhas(calçolonas) de mãe.
    Sim, e ainda nos querem ver sorrindo o tempo todo e com a libido a mil? Conta outra.

    Comentário por Alena Cairo | 26/06/2010 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: