Sentada na Pia

Porque esse poderá ser o último recurso de um pai e uma mãe de primeira viagem na Coreia do Sul…

Aprovada com louvor

O agito todo começou na quinta passada: os amigos Roberto e Kátia, que moram em Harbin, vieram passar o feriado conosco. Chegaram por volta das 2 da tarde, e Beatriz ameaçou um chororô mais longo que 10 minutos. Mas depois que eu falei que eles ficariam conosco até domingo, e se ela quisesse chorar por três dias seguidos seria “problema dela”, milagrosamente ela se ajustou. E depois de uma caminhada juntos, todos os sorrisos se abriram!

Sexta, sábado e domingo foi rua direto. Saíamos de casa por volta da hora do almoço, e voltávamos somente às 8 da noite. Foi uma andança que não acabava mais: palácio, festival de rua, restaurantes diversos, caminhada no morro, passeio de carro prá cima e prá baixo. E a Beatriz aguentou firme, super-feliz em seu super-carrinho, observando tudo e todos. E, é claro, sendo observada e provocando o maior Efeito Ambulância jamais visto. Se ela tinha fome, eu sentava aonde estivesse para amamentar; se tinha sono, o carrinho ou o carro a embalava e ela capotava. Uma moçona!

Ficamos felizes e aliviados em ver que a Beatriz aguentou o tranco. Nossa ida ao Brasil não será fácil: serão 24 horas de viagem, um fuso horário de 12 horas e metade da cidade querendo pegá-la no colo e apertar as bochechas. Foi bom ver que a crise de estranhamento é passageira, que ela vai conseguir suportar as idas e vindas durante o dia inteiro, e que ela curte uma bagunça.

Acho que daqui a algum tempo dá até prá arriscar um trekking no Nepal! 🙂

Anúncios

06/05/2009 - Posted by | Beatriz, diário

8 Comentários »

  1. Selma,

    ela se acostuma com o “mundão” rapidinho, sossegada.

    Mas quando é que vc vem ao Brasil?
    Dessa vez vai dar para te ver né?

    Um abração aos 3

    Comentário por Isabel | 07/05/2009 | Responder

    • Estaremos por aí em julho! Vamos marcar um café da manhã na Ben Hur!

      Comentário por Selma | 11/05/2009 | Responder

  2. Eles encaram a viagem numa boa, a gente é que fica um trapo 🙂 A primeira vez que fui com a Juju pro Brasil ela tinha 6 meses e dormiu naquele bercinho do avião ( não esquece de pedir e confirmar no check in) o vôo inteiro. Na segunda com quase dois anos já foi mais complicado, tomamos uns duzentos picolés e ela foi lavar as mãos pra se divertir as duzentas vezes. É bom que vc vai ter muita história pra contar ;)Bjs

    Comentário por Marcela | 07/05/2009 | Responder

    • Rs! Bom, então essa viagem vai ser moleza. Nosso problema será na próxima, certo? Já anotei a dica do “lavamão”!

      Comentário por Selma | 11/05/2009 | Responder

  3. É isso ai mãe: senta o pau mesmo. Tá vendo como eles são espertinhos! Saudades , contando os dias. Beijos!

    Comentário por marta | 07/05/2009 | Responder

    • Sabe qual é o problema agora? Ela quer o mesmo ritmo do final de semana todos os dias. Dancei… Rs!

      Comentário por Selma | 11/05/2009 | Responder

  4. Trekking no Nepal!!! YES!! Posso mandar o Santiago junto?!
    Abracos!!

    Comentário por Helder | 11/05/2009 | Responder

    • HAHAHA! Deve! Mas, nesse caso, o Santiago é o líder da tropa!

      Comentário por Selma | 11/05/2009 | Responder


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: